Pista de atletismo do Centro Olímpico do Ibirapuera segue padrão internacional

Imprimir

Com mesmo piso que Estádio Olímpico de Berlim, pista de 400 metros recebe Classe 1 pela IAAF

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo ganhou sua primeira pista de atletismo de alto padrão. Localizado no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), o espaço recebeu a Classe 1, a maior classificação concedida pela IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo).

 Com 400 metros de extensão e área total de mais de seis mil metros quadrados, a pista tem o mesmo piso ao usado no Estádio Olímpico de Berlim, que no ano passado recebeu o Mundial de atletismo. "Essa pista é muito macia, o que diminui o impacto nos joelhos dos atletas, mas não tira a velocidade", avalia a saltadora Maurren Maggi, que participou da inauguração nesta sexta-feira.

Com um investimento de R$ 4,3 milhões, a empresa Recoma financiou a troca do piso, a reforma no antigo campo, a instalação do novo sistema de iluminação - que possibilita a realização de provas noturnas -, o novo sistema de drenagem e captação das águas das chuvas.

A ex-jogadora de basquete Magic Paula, que comanda o Centro Olímpico há nove anos, avisa que há o projeto de uma segunda etapa das obras, que inclui a recuperação estrutural da arquibancada para 1.600 espectadores, a reforma dos vestiários e da sala de controle de dopagem.

A pista foi idealizada para receber apenas atletas de ponta e contou com a participação da medalhista olímpica no salto em distância, Maurren Maggi, no Festival de Salto e Velocidade da FPA (Federação Paulista de Atletismo), competição inaugural após a reforma do espaço

Fonte: www.estadão.com.br