Maior medalhista do Brasil, Terezinha não vai à final dos 100m do Mundial

Imprimir

Há 10 anos, Terezinha Guilhermina era incontestavelmente a número um do mundo nos 100m T11 (cego total). Desde Assen, na Nova Zelândia, em 2006, Terezinha Guilhermina não sabia o que era perder na prova de velocidade. Maior medalhista brasileira da história em Mundiais, ela tem uma coleção de encher os olhos: 17 pódios, sendo 13 ouros e quatro pratas.

A mineira de Betim veio ao Mundial Paralímpico de Atletismo, em Doha, no Catar, para defender os seus três títulos de Lyon 2013: 100m, 200m e 400m. Apesar de estar em grande fase, no entanto, ela acabou sendo prejudicada pela lesão na coxa esquerda de Guilherme Santana, seu guia desde Christchruch 2011. Juntos, eles quebraram seis recordes mundiais. Mas, pela primeira vez em uma década, um dos principais nomes do país ficou fora da final nos 100m, sua especialidade.

- Fui prejudicada pela lesão do Guilherme. Ele se machucou e não se recuperou. Meu desempenho foi bom, mas ele não me permitiu fazer o meu melhor. Agora é trabalhar para melhorar no ano que vem - lamentou Terezinha.

Nesta terça-feira, Guilherme Santana admitiu que não tinha condições de competir. Terezinha precisou mudar de guia e iniciar uma luta contra o tempo para acelerar o processo de adaptação. Nas semifinais, ao lado de Rafael Lazarini, ela marcou o tempo de 12s68 e não se classificou para a final por três milésimos de segundo. O novo guia não se deixou abalar pela pressão diante do desafio de correr ao lado de Terezinha e, por pouco, eles não cumpriram a missão. A brasileira Jhulia Santos (12h66) avançou, ao lado de Cuiqing Liu (12s27) e Jerusa Geber (12s46).

- Fiquei um pouco assustado quando soube que correria ao lado da Terezinha. Mas não me deixei levar pela pressão. Estou muito feliz só pelo fato de poder correr com ela. Sou guia há seis meses, mas já era corredor de 100m e 200m - contou Lazarini.

Terezinha correu 100m com novo guia, Rafael Lazarini (Foto: Daniel Zappe/MPIX/CPB)

Fonte: www.globoesporte.globo.com