Maratona comemora 2.500 anos de história

Imprimir

A Maratona Internacional de São Paulo, a maior prova da distância do País, tem um motivo a mais para brilhar este ano. Marcada para o dia 2 de maio, com largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho e chegada no Ibirapuera, a competição vai comemorar os 2.500 anos dessa corrida, realizada em 490 antes de Cristo.


A história conta que neste ano o mensageiro Filípedes foi escolhido para levar a boa notícia da vitória dos gregos sobre os persas na batalha de Marathon para Atenas. O mensageiro correu cerca de 40 quilômetros entre as duas cidades e logo após a chegada, assim que deu a notícia, caiu morto.

Muitos afirmam que a história não passa de uma lenda. Outros, porém, garantem que o fato realmente aconteceu. O que importa, no entanto, é que a partir dos Primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna, realizados em 1896, na Grécia, Filípedes foi homenageado com a disputa de uma corrida de 40 km, batizada como maratona.

A maratona passou a ter a distância atual de 42.195 metros em 1908, nos Jogos Olímpicos de Londres, quando a prova precisou se aumentada um pouco para que os atletas pudessem começar a corrida em frente ao Castelo de Windsor, diante da família real, e terminá-la no Estádio White City. Depois de 16 anos de discussão, em 1924, na Olimpíada de Paris, o percurso passou a ser oficial.

A mais antiga maratona do mundo é a Boston, nos Estados Unidos, disputada em todo feriado do Dia do Patriota, na terceira segunda-feira de abril, desde 1897.

- Maratona de São Paulo

Além da prova de 42.195 metros, o evento do dia 2 de maio terá ainda corrida de 10K e 25K, e uma caminhada de 3K, dando, assim, oportunidade para a participação de iniciantes e de atletas bem experientes. A intenção é fazer com que o atleta comece uma atividade física segura, fazendo a caminhada, correndo os 10K, depois os 25K e finalmente a maratona.

A competição está com inscrições abertas e os interessados em participar devem preencher a ficha no site oficial do evento até o dia 23 de abril ou até que os limites definidos por especialidades sejam alcançados. A expectativa dos organizadores é reunir 18 mil inscritos.

O valor da taxa varia conforme a época da inscrição. Para participar da maratona, o valor é de R$ 50 até o dia 20 de fevereiro. De 21 de fevereiro a 10 de abril, a taxa passa a ser de R$ 60 e, de 11 a 23 de abril, o valor será de R$ 65.

Na prova de 25K, a taxa será de R$ 40 até o dia 20 de fevereiro, aumentando para R$ 50 de 21 de fevereiro a 10 de abril e de R$ 60 de 11 a 23 de abril.

Já na corrida de 10K, até o dia 20 de fevereiro o interessado paga R$ 40 e, de 21 de fevereiro a 23 de abril, R$ 50. E na caminhada de 3K a taxa é única até o dia 23 de abril: R$ 40.

Assim como nos dois anos anteriores, todas as provas terão largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho e terão como atração a Ponte Octávio Frias de Oliveira, mais conhecida como Ponte Estaiada, um cartão-postal da cidade.

A chegada da maratona e dos 10K será no Ibirapuera, enquanto a prova de 25K terminará na Avenida Escola Politécnica, ao lado do IPT. Já a caminhada de 3K terá a linha de chegada na própria Avenida Jornalista Roberto Marinho.

Fonte: http://www.finalsports.com.br/03/comando/headline.php?n_id=122656&u=0\